Empresa da Serra muda nicho de produção em solidariedade aos profissionais da segurança e saúde de todo país

Mais de 1400 máscaras de proteção facial fabricadas na empresa Grendene em Farroupilha, com apoio de um grupo de empresários, já foram doadas a Brigada Militar na Serra.

Composto de PVC e acetato, o protetor facial, também conhecido como viseira ou escudo facial, ficará à disposição dos policiais, para uso em situações em que há maior risco de contaminação.

Conforme o oficial médico da BM capitão Nazareno Fernandes, o Equipamento de Proteção Individual – EPI, constitui-se importante material na proteção de contato com secreções de algum possível contaminado.

Em Farroupilha, a cidade onde as linhas de produção da empresa Grendene, mudou totalmente o nicho de produção, para preparar materiais para profissionais da segurança e da saúde, gratuitamente, em meio a pandemia que a atinge o mundo, os PMs locais foram os primeiros a receberam os equipamentos que também será doado para todo o efetivo policial de todas as cidades do estado.

Os empresários responsáveis pela a iniciativa, destacam a importância da união de todos neste momento difícil, e afirmam ser gratificante poder contribuir com a segurança daqueles que atuam em prol da segurança.

Além dos protetores faciais, a empresa que está com a produção de calçados parada, tem se mobilizado com um pequeno grupo de funcionários, para fazer máscaras cirúrgicas, protetor para pés, jalecos e toucas que serão doados para os profissionais de todo o país.

Fotos: Jackson Cardoso

Fonte: Rádio Difusora 890

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *