COP 22 La canopée

A empresa francesa Studio Oualalou+Choi foi selecionada para projetar os espaços de exposição da COP22, a conferência internacional das Nações Unidas sobre mudanças climáticas, realizada em Marraquexe.

Inspirado nos festivais de ‘Moussem’ – grandes eventos públicos, realizados normalmente após as colheitas, que têm significância cultural, social, econômica e religiosa para as comunidades locais – o projeto das áreas de exposição se baseou em um urbanismo temporário, com a instalação de uma série de estruturas de madeira reutilizáveis, além de tendas totalmente desmontáveis e reaproveitáveis.

Tendas constituem uma forma de arquitetura primitiva e universal, atendendo a uma série de necessidades comuns do homem no planeta. A tenda criada para a COP22 é composta de estruturas removíveis e reutilizáveis. No corredor principal, conectando os diferentes pavilhões, foi armado um teto extensível, batizado de “La Canopée”: uma passagem de mais de 18 metros de largura e 684 metros de comprimento, protegida por uma estrutura com uma ampla cobertura de PVC.

A estrutura chama atenção por sua geometria irregular e pelo tecido em malha, com aplicação de laminado de PVC semitransparente. A malha de antracito tem papel importante neste projeto devido à impermeabilidade e transparência deste PVC, o que dá à cobertura mais claridade que um tecido denso. As características e composição deste tecido permitem a difusão das cores, o que torna a estrutura mais bela quando vista de dentro.

______________

Arquitetos | Studio Oualalou+Choi, Paris, França

Localização | Marraquexe, Marrocos

Informação técnica | Cobertura de PVC

Imagens | Studio Oualalou+Choi

Fonte: Wonderful Vinyl 31

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *