Instituto do PVC apoia curso de extensão na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Alunos de graduação e pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo conhecem as vantagens do PVC em diversas aplicações.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Instituto do PVC e outras quatro associações apoiaram o curso de extensão “Arquitetura e Construção: Materiais, Produtos e Aplicações”, realizado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), durante agosto e setembro, em São Paulo. O objetivo dessa iniciativa é oferecer informações técnicas e atualizadas sobre o PVC e outros materiais utilizados na arquitetura e na construção, abordar suas aplicações, as inovações em cada tipo de produto e os desenvolvimentos disponíveis no mercado.

Este ano, 55 alunos de graduação e pós-graduação em arquitetura e urbanismo conheceram mais sobre o PVC, seu viés sustentável e suas vantagens em aplicações como esquadrias, pisos, sistema construtivo – concreto/PVC, impermeabilização, piscinas, estruturas tensionadas, sistema de combate a incêndio, telhas e forros.

Além do Instituto do PVC, a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), a Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (ABRAVIDRO), a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) e a Associação Brasileira Construção Metálica (ABCEM) também participaram da iniciativa.

Para Paulo Roberto Correa, coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo do Mackenzie, o contato com informações técnicas, aplicações e características dos materiais e processos transmitidos aos alunos foi de extrema importância para a complementação de suas formações profissionais de arquitetos e urbanistas. “Particularmente no tocante à materialidade e construtibilidade do fazer projetual em nossa área, como também, da necessária parceria que este fazer tem com profissionais de outras áreas de conhecimento”, afirma Correa.

O curso já foi realizado em universidades como a Belas Artes e a São Judas Tadeu. “Acreditamos na importância de trazer para o aluno a realidade do mercado, seus desenvolvimentos tecnológicos, aplicações e demandas para que haja uma interação entre a academia e a indústria, com o objetivo do desenvolvimento do mercado brasileiro como um todo”, afirma Miguel Bahiense, presidente do Instituto do PVC.

O PVC ganha espaço – Bahiense lembra que a participação do PVC na arquitetura e na construção civil é crescente em função de todos os benefícios técnicos, estéticos, econômicos e ambientais que o produto oferece em suas diversas aplicações.

Hoje, o PVC vai além de tubos e conexões e é encontrado em portas, janelas, pisos, forros, piscinas, entre outras aplicações de caráter arquitetônico. “A indústria está sempre em busca de novas tecnologias para tornar o produto sempre mais atrativo e sustentável, além de competitivo”, explica o executivo.

O Instituto do PVC tem o compromisso de orientar as empresas associadas a adotarem posturas socialmente responsáveis, no intuito de promover o crescimento sustentável do setor, difundindo suas características técnico-científicas, ambientais e de reciclabilidade, sempre fundamentadas em ações éticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *