Instituto Brasileiro do PVC e Plastivida participam do Recreio nas Férias em CEUs da prefeitura de São Paulo

Serão realizadas atividades que evidenciem as boas práticas de consumo e descarte de materiais plásticos, durante os cinco dias do evento

O Instituto Brasileiro do PVC e a Plastivida iniciam suas atividades nos Centros Educacionais Unificados (CEUs), em 2018, por meio do Recreio nas Férias. Trata-se de uma ação organizada pela Diretoria Regional de Educação (DRE), que visa proporcionar ações para as crianças, familiares da comunidade, durante uma semana nas férias escolares.

Entre os dias 15 e 19 de janeiro de 2018, as entidades participarão do Recreio nas Férias da DRE Pirituba/Jaraguá e realizarão atividades nos cinco CEUs que essa DRE administra: Pêra Marmelo, Parque Anhanguera, Perus, Jaguaré e Vila Atlântica.

Na edição 2018, será realizada a Gincana dos Plásticos:uma série de jogos educativos e dinâmicas que vão promover as boas práticas de consumo e descarte dos produtos de plástico junto aos participantes.

Serão realizadas atividades sobre o livro “Nós e o Plástico”, que fala da boa relação da sociedade com esse material, que deve ser usado com responsabilidade e descartado adequadamente. Também serão promovidos os dois programas de reciclagem que estão sendo implantados nesses CEUs:

Tampinha Legal®, que desde o ano passado fomenta a coleta seletiva de plásticos, a partir das tampinhas. O Tampinha Legal® é um projeto dos três sindicatos do plástico do Rio Grande do Sul:Simplas, Simplast e Simplavi e a Plastivida é signatária.

Papa Cartão®, programa que promove a coleta seletiva de cartões de PVC e outros plásticos, por meio de uma máquina disponibilizada em cada CEU. As crianças já vêm coletando esses cartões nas unidades e já estão recebendo placas de sinalização feitas a partir da reciclagem do material coletado, o que evidencia o ciclo completo da reciclagem para a comunidade.

Este ano, são esperadas mais de 2.000 crianças, além dos professores e da comunidade, durante toda a semana. Segundo o presidente do Instituto Brasileiro do PVC e da Plastivida, Miguel Bahiense, as entidades vêm realizando essas atividades há mais de dois anos e os resultados são perceptíveis. “Acreditamos que o diálogo com a comunidade é transformador e nossa intenção é ampliar esse trabalho junto aos CEUs de São Paulo”, afirma o executivo.

Veja a programação:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *