Instituto Brasileiro do PVC

PVC na mídia

Projeto Ingerados faz intervenções urbanas levando poesia para espaços públicos de Santarém

Na Orla e em alguns pontos de ônibus já é possível ver trechos de poesias de autores conhecidos e outros nem tanto, em placas de PVC.


Selecionado no Edital de Cultura Digital da Lei Aldir Blanc – Pará, organizado pelo Instituto Ágata, o projeto "Ingerados – Poesias do Tapajós" tem feito intervenções urbanas no município de Santarém, oeste paraense, levando poesia a espaços públicos, transformando cenários e proporcionando um ambiente mais agradável à população.



Trecho de poesia do maestro Wilson Fonseca em placa de PVC junto a ponto de ônibus no Centro, em Santarém — Foto: Projeto Ingerados/Divulgação



Proposto pelo padre Sidney Canto, o projeto objetiva tirar as poesias das bibliotecas e acervos através de intervenções urbanas poéticas e disseminar literatura, propondo uma nova linguagem poética nas letras de jovens e saudosos escritores da Amazônia.


Na Orla e em alguns pontos de ônibus já é possível ver trechos de poesias de autores conhecidos e outros nem tanto, em placas de PVC. Aliás, durante os meses de abril e maio será impossível não notar a poesia que compõe as luminárias da orla, o mobiliário urbano e outdoors, com conexão interativa através de Código QR. A ideia é propiciar um diálogo com a população em plena mobilidade urbana ou aquaviária, trazendo poesia para o cotidiano, ressaltando a identidade, memória e o sentimento de pertencimento a partir das produções de textos regionais.


Outras intervenções poéticas urbanas começam conforme o cronograma:

Outdoor: a partir de 15 de abril

Mobiliário Urbano: a partir de 15 de abril




Para mais informações sobre o projeto, a coordenação criou uma página no Instagram, que reúne trechos de poesias com curadoria do Antropólogo e Escritor Diego Alano Pinheiro e do Jornalista e Produtor Cultural Fábio Barbosa, o Design Gráfico é assinado por Wendell Amorim.


Além disso, dez poesias foram gravadas pelos artistas Priscila Castro, Jamile Fernandes, Yanny Rodrigues, Vinicius Villare, Evandro Boa Morte, Mourrambert Flexa, Diego Alano Pinheiro e Fábio Barbosa no estúdio da AD Produções, seguindo todos os protocolos de saúde e distanciamento social. Os vídeos da leitura dramática serão postados nas redes sociais com legendas e também estarão disponíveis em áudio para o Spotify.


Por meio da poesia, frases, pinturas e cores transformam o cenário, que reinventam o lugar comum e novos pensamentos aos que caminham entre as criações, o projeto se propõe a criar espaços de respiro entre o cotidiano da paisagem urbana e dialogar com as pessoas através de criações artísticas poéticas e imagéticas.


Concurso de poesias

E se você é poeta ou poetisa, o projeto também propõe um concurso de poesias online. Podem participar autores brasileiros maiores de 16 anos residentes nos estado da Amazônia Brasileira. Não é permitida a participação de membros do projeto e da comissão julgadora.


A inscrição é gratuita e pode ser realizada até o dia 31 de maio de 2021, através de uma postagem no Instagram, marcando a página @ingerados e usando a hashtag #ingerados. O tema é livre e cada autor poderá enviar somente um poema, que deverá ser inédito. Clique aqui para saber mais sobre o regulamento.


Serão eleitos dois poemas vencedores, que receberão a seguinte premiação:

1º colocado: R$ 300 e placa em PVC com trecho da poesia selecionada;

2º colocado: R$ 200 e placa em PVC com trecho da poesia selecionada.

O resultado será divulgado até o fim de maio de 2021.



Fonte: G1

Instituto Brasileiro do PVC - Av. Chedid Jafet, 222 - Bloco C 4º andar - Vila Olímpia - CEP 04551-065 - São Paulo - SP | Tel. 11 2148-4735 - info@pvc.org.br
Copyright © 2017 – 2021 Instituto Brasileiro do PVC